registe-se

registe-se
Esqueceu-se da palavra-passe?


Histórico de procura
Lembrete
Links para eurlivro.pt

Dica do eurolivro.pt
livros similares
Outros livros adicionais, que poderiam ser muito similares com este livro:
Ferramentas de pesquisa
Dicas de livros
Atualidades
Publicidade
Anúncio pago
- 0 resultados
menor preço: € 11,57, preço mais alto: € 139,15, preço médio: € 38,71
Questão de Ênfase - Susan Sontag
livro esgotado
(*)
Susan Sontag:
Questão de Ênfase - novo libro

2005, ISBN: 8535906169

[SR: 63648], Capa comum, [EAN: 9788535906165], Companhia das Letras, Companhia das Letras, Book, [PU: Companhia das Letras], 2005-03-28, Companhia das Letras, Susan Sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. Polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: "Admito para mim mesma que me interesso por tudo". É por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estadia de Sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. "Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-Iugoslávia e da omissão das potências ocidentais. Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodski, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Danilo Kiš, entre muitos outros. Daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre Memórias póstumas de Brás Cubas , de Machado de Assis. Para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana "é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos"., 7873972011, Ciências Sociais, 7873973011, Antropologia, 7873977011, Arqueologia, 7873978011, Assistência Social, 7873981011, Biblioteca e Ciência da Informação, 7873982011, Ciência da Informação, 7873983011, Costumes e Tradições, 7873984011, Cultura Popular, 7873986011, Discriminação e Racismo, 7873987011, Emigração e Imigração, 7873988011, Estatística, 7873996011, Folclore e Mitologia, 7873998011, Geografia Humana, 7874000011, Grupos Especiais, 7874011011, Metodologia, 7874010011, Pesquisa, 7874013011, Referêncial, 7874014011, Sociologia, 7873979011, Socorro para Desastres, 7874021011, Violência na Sociedade, 7873971011, Política, Filosofia e Ciências Sociais, 7841278011, Categorias, 6740748011, Livros, 8169562011, Custom Stores, 8169627011, Busca Avançada, 13420260011, Volta às Aulas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros, 8169839011, Ofertas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros

livro novo Amazon.com.br
Sintomatica
Novo produto. Custos de envio:Normalmente envia em 1-2 dias úteis., mais custos de envio
Details...
(*) Livro esgotado significa que o livro não está disponível em qualquer uma das plataformas associadas buscamos.
Questão de Ênfase - Susan Sontag
livro esgotado
(*)
Susan Sontag:
Questão de Ênfase - livro usado

2005, ISBN: 8535906169

[SR: 63648], Capa comum, [EAN: 9788535906165], Companhia das Letras, Companhia das Letras, Book, [PU: Companhia das Letras], 2005-03-28, Companhia das Letras, Susan Sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. Polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: "Admito para mim mesma que me interesso por tudo". É por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estadia de Sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. "Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-Iugoslávia e da omissão das potências ocidentais. Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodski, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Danilo Kiš, entre muitos outros. Daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre Memórias póstumas de Brás Cubas , de Machado de Assis. Para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana "é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos"., 7873972011, Ciências Sociais, 7873973011, Antropologia, 7873977011, Arqueologia, 7873978011, Assistência Social, 7873981011, Biblioteca e Ciência da Informação, 7873982011, Ciência da Informação, 7873983011, Costumes e Tradições, 7873984011, Cultura Popular, 7873986011, Discriminação e Racismo, 7873987011, Emigração e Imigração, 7873988011, Estatística, 7873996011, Folclore e Mitologia, 7873998011, Geografia Humana, 7874000011, Grupos Especiais, 7874011011, Metodologia, 7874010011, Pesquisa, 7874013011, Referêncial, 7874014011, Sociologia, 7873979011, Socorro para Desastres, 7874021011, Violência na Sociedade, 7873971011, Política, Filosofia e Ciências Sociais, 7841278011, Categorias, 6740748011, Livros, 8169562011, Custom Stores, 8169627011, Busca Avançada, 13420260011, Volta às Aulas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros, 8169839011, Ofertas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros

livro usado Amazon.com.br
LIVRARIA CLUBE CULTURAL
usado. Custos de envio:Normalmente envia em 1-2 dias úteis., mais custos de envio
Details...
(*) Livro esgotado significa que o livro não está disponível em qualquer uma das plataformas associadas buscamos.
Questão de ênfase - Susan Sontag, Rubens Figueiredo
livro esgotado
(*)
Susan Sontag, Rubens Figueiredo:
Questão de ênfase - novo libro

2005, ISBN: 8535906169

[SR: 64870], Capa comum, [EAN: 9788535906165], Companhia das Letras, Companhia das Letras, Book, [PU: Companhia das Letras], 2005-03-28, Companhia das Letras, Susan Sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. Polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: "Admito para mim mesma que me interesso por tudo". É por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estadia de Sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. "Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-Iugoslávia e da omissão das potências ocidentais. Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodski, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Danilo Kiš, entre muitos outros. Daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. Para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana "é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos"., 16312064011, Ensaios e Correspondências, 7872687011, Literatura e Ficção, 7841278011, Categorias, 6740748011, Livros, 8169562011, Custom Stores, 8169627011, Busca Avançada, 13420260011, Volta às Aulas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros, 8169839011, Ofertas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros

livro novo Amazon.com.br
LT2 SHOP
Novo produto. Custos de envio:Normalmente envia em 1-2 dias úteis., mais custos de envio
Details...
(*) Livro esgotado significa que o livro não está disponível em qualquer uma das plataformas associadas buscamos.
Questão de ênfase - Susan Sontag, Rubens Figueiredo
livro esgotado
(*)
Susan Sontag, Rubens Figueiredo:
Questão de ênfase - livro usado

2005, ISBN: 8535906169

[SR: 64870], Capa comum, [EAN: 9788535906165], Companhia das Letras, Companhia das Letras, Book, [PU: Companhia das Letras], 2005-03-28, Companhia das Letras, Susan Sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. Polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: "Admito para mim mesma que me interesso por tudo". É por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estadia de Sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. "Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-Iugoslávia e da omissão das potências ocidentais. Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodski, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Danilo Kiš, entre muitos outros. Daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. Para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana "é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos"., 16312064011, Ensaios e Correspondências, 7872687011, Literatura e Ficção, 7841278011, Categorias, 6740748011, Livros, 8169562011, Custom Stores, 8169627011, Busca Avançada, 13420260011, Volta às Aulas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros, 8169839011, Ofertas, 8169561011, Specialty Stores, 6740748011, Livros

livro usado Amazon.com.br
VÂNIA LIVROS
usado. Custos de envio:Normalmente envia em 1-2 dias úteis., mais custos de envio
Details...
(*) Livro esgotado significa que o livro não está disponível em qualquer uma das plataformas associadas buscamos.
Questão De Ênfase
livro esgotado
(*)
Questão De Ênfase - novo libro

2004, ISBN: 9788535906165

ID: 3-36518022

susan sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: """"admito para mim mesma que me interesso por tudo"""". é por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. """"esperando godot em sarajevo"""" , incluído nesta coletânea, relata a estadia de sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de samuel beckett, em 1993. o espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. """"cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana"""" , afirmava sontag. para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-iugoslávia e da omissão das potências ocidentais. os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: jorge luis borges, roland barthes, robert mapplethorpe, joseph brodski, juan rulfo, elizabeth hardwick, danilo kiš, entre muitos outros. daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre memórias póstumas de brás cubas , de machado de assis. para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana """"é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos"""". Livre - Manuel, Companhia Das Letras

livro novo Fnac.com
Nr. Custos de envio:, Le délai dépend du marchand, zzgl. Versandkosten. (EUR 8.30)
Details...
(*) Livro esgotado significa que o livro não está disponível em qualquer uma das plataformas associadas buscamos.

Pormenores referentes ao livro
Questão de Ênfase (Em Portuguese do Brasil)

Susan Sontag, que morreu em dezembro de 2004, foi uma das mais influentes intelectuais contemporâneas. Polivalente, era a primeira a reconhecer a própria voracidade: "Admito para mim mesma que me interesso por tudo". É por isso que ela nunca se contentou apenas com a crítica literária, e desde os anos 1960 vinha aliando o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político.

Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estadia de Sontag na cidade, onde foi dirigir uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores.

"Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Para ela, a indústria do entretenimento e da vulgaridade, das quais era antiga adversária, não se dissociavam, no mundo contemporâneo, do horror vivido na ex-Iugoslávia e da omissão das potências ocidentais.

Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais, por outro lado, mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodski, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Danilo Kiš, entre muitos outros. Daí não ser surpresa que a autora inclua neste livro seu longo ensaio sobre Memórias póstumas de Brás Cubas , de Machado de Assis. Para essa escritora ativamente cosmopolita, a obra-prima machadiana "é um dos livros mais divertidamente não-provincianos jamais escritos".[...]

Dados detalhados do livro - Questão de Ênfase (Em Portuguese do Brasil)


EAN (ISBN-13): 9788535906165
ISBN (ISBN-10): 8535906169
Livro de bolso
Ano de publicação: 2004
Editor/Editora: Companhia das Letras

Livro na base de dados desde 11.01.2018 21:00:46
Livro encontrado pela última vez no 07.02.2019 01:05:20
Número ISBN/EAN: 8535906169

Número ISBN - Ortografia alternativa:
85-359-0616-9, 978-85-359-0616-5


< Para arquivar...
Livros relacionados